Para uma melhor experiência no site, recomendamos o uso de um navegador diferente.
A utilização do Internet Explorer pode impedir que você acesse o site Chubb.com e alguns recursos podem não funcionar como esperado.

X
skip to main content

A pandemia testou nossa saúde mental e resiliência. Como a tecnologia pode nos apoiar? Enquanto algumas ferramentas como o Chubb Studio aliviam a carga de trabalho e, assim, ajudam a lidar com o estresse, vários aplicativos para smartphones visam à calma espiritual e a instalação de hábitos saudáveis.

Embora a princípio — e especialmente para quem não é nativo digital— aprender a usar as novas tecnologias possa parecer estressante ou avassalador, assim que as incorporamos ao nosso cotidiano entendemos o quanto são úteis, justamente para reduzir o estresse a que somos submetidos todos os dias. Como? Cuidar de atividades rotineiras e repetitivas para deixar mais espaço para o criativo e comercial, onde o contato humano enriquece, potencializa e estimula nossas habilidades.

Nesse  artigo da Connection Chubb abordamos como nosso ecossistema digital pode servir não apenas ao sucesso, mas também a um maior bem-estar para nossos agentes e corretores. Mas a tecnologia também coloca à disposição de todos um grande número de ferramentas que podem nos ajudar a ser cada vez melhores, como é o caso dos Apps para a busca do bem-estar pessoal. É uma tendência que nasceu em 2010 junto com o popular aplicativo em inglês Headspace, que ajuda as pessoas a inserirem a meditação em sua rotina diária. Com a pandemia, esses tipos de aplicativos se multiplicaram, a ponto de, segundo a American Psychiatric Association, atualmente haver mais de 10.000.

Ao escolher um aplicativo, é importante não escolher aqueles que têm muitas diretrizes ou instruções, pois podem causar mais sobrecarga ou estresse. O ideal é pesquisar entre aqueles que se orientam para a meditação e o gerenciamento das emoções negativas. Aqui alguns exemplos:

 

Para acalmar e dormir

 

Inhala propõe técnicas de respiração e estratégias para promover a gratidão, de efeito comprovado quando se busca manter uma atitude positiva. Também inclui música com efeito calmante, exercícios de concentração e um diário para registrar o progresso.

Breethe busca inserir hábitos de bem-estar no cotidiano, começando pela identificação dos objetivos de cada usuário. Inclui músicas e áudios para ajudar as pessoas a adormecer.

 

Para uma mentalidade positiva


SuperBetter
foi uma ideia da renomada criadora de videogames Jane McGonigal, que o projetou depois de experimentar a própria depressão. Ele funciona ajudando os usuários a focar melhor sua atenção e treinar sua mentalidade positiva e motivação. O National Institute of Health dos Estados Unidos concluiu que é eficaz para promover a resiliência.

HappierMood e Worry Watch oferecem meditações para uma mentalidade positiva, ajudando a identificar comportamentos e padrões de pensamento que têm um impacto negativo em nosso bem-estar. Happier foi destaque há alguns anos pela revista Time.

 

Embora ainda existam poucos estudos sobre seu real impacto, as poucas evidências disponíveis — de acordo com a American Psychiatric Association — mostram resultados promissores quando se trata de ajudar pessoas que enfrentam contextos estressantes. Esses aplicativos são voltados para pessoas que não apresentam distúrbios que requerem tratamento e não substituem as terapias psicológicas ou psiquiátricas, embora muitos especialistas da saúde as utilizem como suporte.